Voltar à página da Saúde
Saúde/Medicina



Eczema, o que é isso?




 

Eczema é um “tipo de reacção cutânea inflamatória exsudativa e pruriginosa, provocada por agentes exógenos ou endógenos, que se caracteriza: clinicamente e na fase aguda, por sucessão de elementos eritematopapulovesiculosos; na fase crónica, pela tendência para a liquenificação...”.

O que isto quer dizer é que o eczema é uma reacção da pele com inflamação (calor, rubor ou vermelhidão, inchaço e dor), com exsudação (saída de material das camadas mais profundas da pele para o exterior, quer seja líquido, quer sejam células) e com prurido, ou seja, “comichão”.

 O que é provoca o eczema?

 Como está patente na definição apresentada existem vários factores que podem contribuir para o aparecimento desta reacção, isoladamente ou agrupados. Alguns são exógenos, ou seja, vêm do meio exterior provocar reacção exagerada enquanto outros dependem da própria reacção exagerada que o organismo do indivíduo faz independentemente do factor que o desencadeou.[1] São eles:

o       Factores exógenos:

  • Alergia[2]

  • Traumatismo

  • Factores ambientais

o       Factores endógenos:

  • Atopia[3]

  • Factores psicológicos

  • Alterações vasculares

o       Factores mistos

  • Retenção de suor

  • Infecções

 Como é que é o aspecto do eczema?

 O eczema na fase aguda é uma lesão eritematopapulovesiculosa, ou seja, tem:

  • Eritema: alteração da cor da pele entre rosa pálido e vermelho vivo ou arroxeado que desaparece quando se faz pressão com o dedo e volta a aparecer quando se retira a pressão

  • Pápulas: elevação da superfície cutânea, sólida e pequena (menos de 1 cm de diâmetro)

  • Vesículas: acumulação localizada de conteúdo (líquido) seroso com menores dimensões que a bolha

Pode ainda surgir uma crosta amarelo-acastanhada de material destruído à superfície.

Na fase crónica, ocorre liquenificação, ou seja, a pele fica mais espessa, mais escura, com menos pilosidade e com o pregueado natural acentuado, constituindo quadrículas.

 Em que regiões é que o eczema se distribui? 

Depende do factor desencadeante. Se se trata de um traumatismo ou de uma alergia, o eczema surge na zona afectada pelo traumatismo ou que esteve em contacto com a substância a que a pessoa é alérgica. Se se trata de um eczema por atopia, então terá uma distribuição característica:

o       Face:

  • Fronte ou “testa”

  • Regiões malares ou “maçãs do rosto”

  • Mento ou “queixo”

o       Face anterior da prega do cotovelo

o       Punhos

o       Região popliteia ou face posterior do joelho

o       Virilhas

o       Órgãos genitais externos

o       Contorno peri-anal 

Como se trata o eczema? 

Se é localizado, trata-se com pomadas de corticóides. Se for generalizado já se devem usar comprimidos de corticóides.

Para o prurido, no caso de ser intenso, usam-se os comprimidos de anti-histamínicos porque têm uma acção sedativa.

Se a área afectada for grande ou houver risco de infecção também se podem dar antibióticos.

Durante os períodos sem sintomas o indivíduo com eczema deve utilizar produtos de cosmética para a pele seca.

 
Bibliografia
Esteves, Juvenal et al; Dermatologia; 2ª edição; Fundação Calouste Gulbenkian; 1992.

 Topo Voltar ao topo da página


[1] Uma vez que a distinção é difícil, consideram-se alguns factores como mistos, ou seja, têm uma parte endógena e uma parte exógena.

[2] Ou seja, com hipersensibilidade retardada devido a uma sensibilização adquirida. A pessoa teve contacto com a substância e desenvolveu memória imunitária para reagir fortemente a essa substância caso ela voltasse a surgir. Um exemplo frequente é a alergia ao níquel que é um constituinte da bijuteria.

[3] Ou seja, hipersensibilidade imediata a qualquer estímulo, não é preciso ser específico. Um exemplo é a pessoa que não consegue usar roupa áspera, de lã ou fibras, independentemente da substância que compõe o tecido.

 Topo Voltar ao topo da página


O HOOPS     Mapa do Site    E-mail   Ajuda
© 2001 HOOPS. Todos os direitos reservados.